Pacientes com VIH abandonaram tratamento, em Malanje

Gearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion

Em 2019, 218 pacientes seropositivos controlados pelas autoridades sanitárias em Malanje abandonaram o tratamento da doença por causa do estigma, afirmou esta sexta-feira Maria Luciano, supervisora do programa de combate ao VIH/SIDA.

De acordo com a fonte, parte dos seropositivos nesta condição evitam aproximar-se do hospital para levantar os medicamentos, quando se deparam com pessoas conhecidas, que também é a razão que leva muitos deles a abandonarem as consultas.

Maria Luciano disse que para contornar a situação, a direcção provincial da saúde criou uma equipa multissectorial constituída por seropositivos, que vai levar os medicamentos às residências daqueles que abandonaram o tratamento e cuja localização será feita através de contactos telefónicos dos pacientes.

Reforçou a ideia de que a adesão ao tratamento é fundamental, para diminuir a cadeia de transmissão da doença e evitar o aumento da resistência do vírus. Disse também que dos 2.043 testes realizados, em Janeiro de 2020, foram diagnosticados 104 casos positivos, dos quais 25 em mulheres grávidas e 79 entre adultos e crianças.

Durante o ano 2019 foram diagnosticados 919 casos da doença, com 73 mortes, resultantes de 32.875 testes realizados. Estes números, contudo, mostram uma redução de casos por comparação com ano 2018.

Em Malanje são assistidos mais de 3 mil seropositivos.

Com Angop

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.