Países africanos debateram “potencial turístico” do continente

Gearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion

Mais de 140 participantes de 30 países africanos, incluindo 24 ministros do Turismo, participaram na terça-feira, dia 9 de Junho, num encontro virtual da Organização Mundial de Turismo, OMT, sobre a importância do sector para o continente.

Além de governos, representantes de 10 organizações internacionais e do sector privado foram discutidos temas como recuperação e resiliência. O objectivo é traçar um caminho em direcção a um sector de turismo mais forte após a reabertura da economia.

Prioridades

A OMT está a liderar os esforços para reiniciar a actividade turística em todo o mundo após a crise da Covid-19. 

Além da pandemia, foram debatidas áreas-chave da Agenda da África, um roteiro que pretende guiar o crescimento sustentável do sector até 2030.

Tais prioridades incluem a melhoria da infra-estruturas turísticas, ligações aéreas, facilitação de vistos, segurança dos turistas, desenvolvimento do capital humano e melhoria da imagem do continente no mundo.

Potencial

Para o secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili,

“o potencial turístico da África é inegável, assim como o potencial do turismo para impulsionar o desenvolvimento inclusivo em todo o continente”.

Durante o encontro, Pololikashvili disse que “o alívio das restrições de viagens, primeiro dentro das nações e depois nas fronteiras internacionais, permitirá o retorno de muitos benefícios sociais e económicos”.

O chefe da OMT afirmou que, se o reinício desta actividade for gerido de maneira responsável e coordenada, aproveitando o poder da inovação e do empreendedorismo, “poderá transformar milhões de vidas e ajudar a proteger e preservar a rica herança cultural e natural da África”.

Iniciativas

Durante o encontro, a OMT apresentou alguns dos seus mais recentes projectos. Uma iniciativa é um concurso de marketing, criado pela organização Brand Africa, e outra aposta pretende destacar a gastronomia africana, num mercado para o turismo sustentável e a criação de empregos.

Antes da reunião, os Estados-membros da OMT participaram de uma pesquisa online sobre turismo e o impacto da covid-19.

Os participantes manifestaram um forte desejo de concretizar as cinco áreas da Agenda para a África, incluindo investimento e parcerias público-privadas, inovação e tecnologia, facilitação de vistos e conectividade, fortalecimento da marca e, por fim, maior resiliência.

Vamos Conhecer Angola

No mesmo dia 9 de Junho, pelas 10h, decorreu também um webinar Vamos Conhecer Angola organizado pela plataforma HotéisAngola, desta vez dedicado à província de Benguela.

Edgar Oseias, da Rosalina Expresso, Rebecca Barreiros, da Kitanda das Viagens, Jorge Gabriel Brito, presidente da Associação de Hotelaria e Turismo de Benguela, José Luís Cabral, da TravelGest, Paul Wessons, da Eco Tur Angola, forma os principais intervenientes acolhidos pelo Jorge Nunes, responsável da HotéisAngola.

O próximo webinar, dedicado à província do Namibe, acontece já amanhã, terça-feira, pelas 10h.

Com ONU News

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.