Papa cria fundo de emergência para missões afectadas pela covid-19

kalola Store

O Papa Francisco criou um fundo de emergência nas Pontifícias Obras Missionárias para ajudar pessoas e comunidades que foram tragicamente afectadas pela propagação do COVID-19.

O Fundo de Emergência será usado para acompanhar as comunidades afectadas nos países missionários através das estruturas e instituições da Igreja.

O cardeal Luis Antonio Tagle, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, saudou o anúncio.

Na sua tarefa de evangelização, a Igreja geralmente está na vanguarda das principais ameaças à dignidade humana

Em África “existem mais de 74.000 religiosos e mais de 46.000 padres que administram 7.274 hospitais e clínicas, 2.346 lares para idosos e vulneráveis ​​e que educam mais de 19 milhões de crianças em 45.088 escolas primárias. Em muitas áreas rurais, eles são os únicos prestadores de cuidados de saúde e educação”.

“O Santo Padre – sublinhou o cardeal – convida toda a vasta rede da Igreja a enfrentar os desafios que temos pela frente.”

Francisco destinou 750.000 dólares como contribuição inicial para o fundo e pediu às entidades da Igreja que podem e queiram contribuir para esse fundo, que o façam por meio das Pontifícias Obras Missionárias de cada país.

O arcebispo Giampietro Dal Toso, presidente das Pontifícias Obras Missionárias, declarou que “o objectivo do fundo é sustentar a presença da Igreja nos territórios de missão, que também sofrem as consequências do coronavírus”.

“Através da actividade da Igreja de pregar o Evangelho e ajudar, concretamente através de nossa vasta rede, podemos demonstrar que ninguém está sozinho nesta crise. Nesse sentido, as instituições e os ministros da Igreja desempenham um papel vital.”

“Esta é a intenção do Santo Padre ao estabelecer este fundo. Neste momento em que muitas pessoas estão a sofrer, lembramos e queremos alcançar aqueles que talvez não tenham ninguém para cuidar deles, mostrando assim o amor de Deus Pai.”

As Pontifícias Obras Missionárias são o canal oficial de apoio do Papa a mais de 1.110 dioceses, especialmente na Ásia, África, Oceania e parte da Amazónia.

“Peço à nossa rede de Pontifícias Obras Missionárias, presente em todas as dioceses do mundo, que faça todo o possível para apoiar esta importante iniciativa do Santo Padre.”

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.