PGR manda apreender edifícios AAA e hotéis IU Hotel e IKA Hotel

kalola Store

O Serviço Nacional de Recuperação de Activos da Procuradoria-Geral da República (PGR) mandou apreender um conjunto alargado de bens que inclui os Edifícios AAA, as redes de hotéis IU Hotel e IKA Hotel, em todo o País, e ainda um edifício na Rua Amílcar Cabral, em Luanda, denominado IRCA, lê-se no comunicado a que a Vivências Press News teve acesso.

De acordo com a mesma nota da PGR angolana, esta acção está salvaguardada pelo mandado de apreensão n.º 8 e tem como motivo um processo de investigação criminal iniciado por indícios dos crimes de peculato, participação económica em negócio, tráfico de influências branqueamento de capitais.

O Cofre Geral de Justiça foi denominado fiel depositário dos bens agora apreendidos.

A acção judicial tem respaldo legal na Lei sobre o Repatriamento Coercivo e Perda Alargada de Bens e ainda na Lei Reguladora das Revistas, Buscas e Apreensões.

Os proprietários destes bens são o empresário Carlos Manuel de São Vicente e a Sociedade AAA International Limited, com sede no offshore das Bermudas, de acordo com a escritura que consta na III série do Diário da República, publicada a 6 de Janeiro de 2012.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.