PGR manda confiscar Instituto de Saúde 3AY de Cacuaco e o Centro de Hemodiálise de Benguela

Gearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion

No âmbito do processo de investigação patrimonial pelos crimes de peculato e usurpação de imóveis, a Procuradoria-Geral da República (PGR), por meio do Serviço Nacional de Recuperação de activos, ordenou na tarde da passada sexta-feira, 24, a apreensão do Centro de Hemodiálise edificado no recinto do Hospital Geral de Benguela e do Instituto Médio Privado de Saúde denominado 3AY, localizado no bairro da Vidrul, no município de Cacuaco em Luanda.

Como fiel depositário, foi nomeado o Ministério da Saúde, representado pelo director do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística do Ministério da Saúde, António Zacarias da Costa.

“Foi apreendido um imóvel construído com fundos do Estado (Ministério da Saúde) para ser o Centro de Homodiálise em Benguela. O Ministério da Saúde celebrou um contrato com a empresa Organizações RCA &DLA, Lda, representada pela Sr.ª Deolinda Maria Lopes Alberto para Implementação de Unidades de Hemodiálise, mas a empresa apoderou-se do imóvel que foi construído com fundos públicos. Estão envolvidos neste negócio, o antigo ministro da Saúde José Vieira Dias Van-Dúnem e o antigo director de Estudos do Planeamento e Estatística do Ministério da Saúde, Daniel António”, avançou uma fonte da PGR à Vivências.

Num outro mandado de apreensão, a magistrada do Ministério Público e directora do Serviço Nacional de Recuperação de Activos, Eduarda Rodrigues, ordenou que seja apreendido o Instituto Médio Privado de Saúde denominado 3AY, localizado no bairro da Vidrul, no Município de Cacuaco.
Como fiel depositário da apreensão do referido Instituto Médio de Saúde, foi nomeado a Direcção Provincial da Educação de Luanda, segundo a nota do Comunicado da Procuradoria-Geral da República a que a Vivências Press News teve acesso.

Este portal apurou que o Instituto 3AY, antes da sua apreensão tinha como dono o senhor Domingos Bumba, ex-director municipal da educação de Cacuaco, sendo que antes da construção da unidade escolar, no espaço funcionava uma escola do Fundo de Apoio Social (FAS).

Em entrevista à Televisão Pública de Angola (TPA), o ex-director municipal da Educação de Cacuaco Domingos Bumba, que afirmou ser o proprietário da referida instituição nos seguintes termos “Se a PGR, confirmou isso quem sou eu para dizer não”, tendo remetido o assunto para a Direcção Municipal da Educação de Cacuaco para obter o esclarecimento da situação.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.