Polícia Nacional detém cidadão francês com mais de 4.400 supostos diamantes

Gearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion

A polícia angolana deteve um cidadão francês e apreendeu 4.429 supostas pedras de diamantes, quando este efectuava a compra clandestina numa residência no centro urbano do município do Lucapa, província da Lunda Norte. Segundo informação divulgada pelo Ministério do Interior, o cidadão francês, com situação migratória regular, foi detido porque a compra clandestina de diamantes configura crime de posse ilícita de minerais estratégicos.

A detenção ocorreu no âmbito da Operação Transparência, durante as acções de fiscalização rotineiras no domínio investigativo, levadas a cabo pelas forças de segurança. Segundo a nota, foram também apreendidos 3.350 dólares e 30 euros, além de duas balanças, três lupas, cinco máquinas calculadoras, quatro pás de recolha de diamantes e três candeeiros.

As pedras de diamante, ainda por avaliar, vão ser entregues à Comissão de Arrolamento do posto avançado da Operação Transparência, com sede na província de Malanje.

A Operação Transparência foi lançada em Setembro de 2018 para combater a imigração ilegal e a exploração e tráfico ilícito de diamantes, tendo levado ao repatriamento “voluntário”, naquela altura, segundo as autoridades angolanas, de 455.022 estrangeiros sem documentação adequada, na sua grande maioria oriundos da República Democrática do Congo (RDC).

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.