Portugal: CDS avança com militância digital

O CDS-PP deverá ser a primeira força partidária em Portugal a adoptar a militância digital. No congresso do partido agendado para o próximo mês, João Gonçalves Pereira, número 2 de Assunção Cristas em Lisboa, levará a proposta numa moção estratégica que conta com um projecto de modernização partidária.

O também presidente da distrital do CDS de Lisboa diz que o partido “tem de adaptar-se à realidade digital do século XXI ” em vez de “ficar preso nas ferramentas e soluções do anterior”.

publicidade

Faça já a sua assinatura: formulário de assinatura
Contactos editoriais: jornalkandandu@gmail.com

Publicidade: vivenviaspress@gmail.com

“Ser o primeiro partido a ter militantes digitais é um passo inovador e que trará um retorno político ganhador para o CDS e para a política portuguesa”, defende, sendo que a proposta recorre às redes sociais como plataforma de intervenção e participação cívica dos cidadãos.

“Em Lisboa, na última campanha autárquica, a componente digital foi importantíssima. Foi claramente uma aposta ganha e a replicar no futuro”, recorda, em jeito de conclusão, demonstrando que as ideias mais modernas também podem vir dos partidos considerados mais conservadores.

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, defende na sua moção ao congresso que o grande desafio dos centristas é afirmarem-se como “o partido de todos”, ultrapassando rótulos de partido de quadros, ricos ou patrões.

Na moção “CDS- Um passo à frente”, a líder centrista reitera que o partido deve disputar as eleições europeias e as legislativas em listas próprias, e sublinha a importância da “proximidade às pessoas “, objectivo pelo qual anuncia o lançamento da CDS TV.

A presidente do CDS recandidata-se à liderança do partido no congresso, que se realiza a 10 e 11 de março, em Lamego, defendendo a necessidade de o partido saber cativar os jovens, que “porventura têm um voto mais livre”, assim como todos aqueles que têm disponibilidade para “outro tipo de militância, uma militância digital “.

Fontes : Sol e CM.

Deixe o seu comentário