Portugal: MNE já deu “agrément” ao novo embaixador de Angola.

kalola Store

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) foi informado em antecipação que Angola pretendia exonerar o seu embaixador em Lisboa. Inclusive, já foi “concedido agrément à nomeação do seu sucessor”, acrescentou uma fonte oficial do Palácio das Necessidades.

A Casa Civil do Presidente da República de Angola, João Lourenço, emitiu uma nota onde se lê que o embaixador angolano em Lisboa, José Marcos Barrica, “havia sido nomeado para as funções, que agora cessam, em Abril de 2009”.

A exoneração de José Marcos Barrica do cargo de embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola em Lisboa, foi avançada pela agência de notícias angolana. E segundo a Angop, ainda não há nomes oficiais para o substituir. Contudo, fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros confirmou que já foi concedido o ” agrément ” à nomeação do seu sucessor”

” O Ministério dos Negócios Estrangeiros já tinha conhecimento de que o Governo angolano iria proceder à exoneração do Embaixador José Marcos Barrica, visto ter sido já concedido agrément à nomeação do seu sucessor “, disse uma fonte oficial do gabinete de Augusto Santos Silva, sem, no entanto, confirmar o nome do diplomata a quem foi dado o agrément.

Recorde-se que ontem na notícia sobre a exoneração de José Marcos Barrica, a Vivências Press News , já tinha avançado, citando uma fonte do MNE, que Carlos Alberto de Carvalho Saraiva Fonseca, antigo secretário para os Assuntos Diplomáticos e da Cooperação de José Eduardo dos Santos, deveria ser o novo embaixador angolano em Portugal.

Fonte: ECO online.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.