Portugal nomeia Pedro Maria Santos Pessoa e Costa para embaixador em Angola

kalola Store

Portugal vai mudar o seu representante diplomático em Luanda, com a chegada de Pedro Maria Santos Pessoa e Costa e a partida de José João Gomes Caetano da Silva. Este último iniciou as funções de embaixador em Luanda no início de 2016, tendo assistido à transição de poderes entre José Eduardo dos Santos e João Lourenço, na sequência das eleições presidenciais de Agosto de 2017.

Foi durante o consulado de José Caetano da Silva que Portugal e Angola passaram de uma relação de fricções para uma relação amigável, uma vez resolvido o “irritante” caso de julgamento do ex-presidente do conselho de administração da Sonangol e antigo vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, e que abriu caminho à visita oficial de António Costa a Luanda, em Setembro de 2018, logo seguida da deslocação de João Lourenço a Portugal em Novembro do mesmo ano.

Agora, Pedro Pessoa e Costa chega a Luanda com o país ainda em crise, alvo da intervenção do FMI e com o combate à corrupção a visar figuras como José Filomeno e Isabel dos Santos, filhos do ex-Presidente, José Eduardo dos Santos. No caso de Isabel dos Santos, o caso ganha maiores contornos devido ao cruzamento de interesses com empresas portuguesas.

O novo embaixador (a nomeação foi oficializada em Diário da República a 30 de Dezembro), esteve os últimos anos colocado no Panamá. Antes foi administrador da AICEP, o organismo encarregado de dinamizar o investimento estrangeiro em Portugal e as exportações para os mercados externos.

Fonte: PÚBLICO.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.