Portugal: Parlamento formaliza sessão extraordinária de boas vindas a João Lourenço no dia 22 às 14:30

De acordo com o porta-voz da conferência de líderes, o social-democrata Duarte Pacheco, “ninguém se pronunciou” depois de ter sido feito o anúncio da sessão, que, à semelhança de outras no passado, apenas deverá ter dois discursos: o do convidado, João Lourenço, e do presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues.

Questionado sobre o critério que levou a este convite ao chefe de Estado angolano (que não se repete em todas as visitas presidenciais a Portugal), Duarte Pacheco remeteu para a concertação entre Presidência da República, Presidência da Assembleia da República e Governo, que normalmente têm em conta o critério da reciprocidade.

O último chefe de Estado a discursar na Assembleia da República portuguesa foi o rei de Espanha, Filipe VI, em 30 de Novembro de 2016.

A lista de chefes de Estado estrangeiros a discursar em sessões solenes no parlamento português, em democracia, tem privilegiado as relações lusófonas, com o antigo Presidente do Brasil Fernando Henrique Cardoso e o antigo Presidente de Moçambique Joaquim Chissano a bisarem a honra, de acordo com a divisão de Protocolo do parlamento.

Fernando Henrique Cardoso discursou em 1995 e em 2000 e Joaquim Chissano em 1999 e 2004.

Antes de Filipe VI, o último chefe de Estado estrangeiro a falar numa sessão solene no parlamento português tinha sido o Presidente de Moçambique Armando Guebuza, em 2010.

João Lourenço será o primeiro Presidente da República a discursar numa sessão solene no parlamento português.

O Presidente angolano realiza entre 22 e 24 de Novembro uma visita a Portugal, que inclui no primeiro dia uma sessão no Parlamento e uma cerimónia nos Jerónimos , confirmou na segunda-feira fonte da Casa Civil do Presidente da República.

O resto do programa será divulgado dias antes da visita.

Fonte : Lusa .

Deixe o seu comentário