Presidente angolano e dirigentes do MPLA serão testados à Covid-19

kalola Store

Cerca de 50 membros do Bureau Político do MPLA, incluindo o Presidente João Lourenço, serão testados à covid-19, após o caso positivo de um dirigente que participou na última reunião da cúpula do partido, em Luanda.

Segundo o porta-voz do Movimento Popular para a Libertação de Angola (MPLA), Albino Carlos, foi confirmado um positivo de covid-19, um membro do Bureau Político que esteve presente na reunião do passado dia 30 de Junho, onde também esteve o presidente do partido e Chefe do Executivo angolano, João Lourenço.

Albino Carlos não adiantou o nome do político em causa, mas tendo em conta o resultado, “como medida de saúde pública, e seguindo as recomendações das autoridades sanitárias e da Organização Mundial de Saúde há necessidade de fazer um rastreio de todos os contactos”, explicou que todos os membros da cúpula do MPLA que participaram na reunião vão fazer hoje o teste “para confirmar se estão infectados” e procurar “cortar a cadeia de transmissão”.

O órgão máximo do MPLA tem 72 membros, mas estiveram presentes na reunião menos de 50 pessoas, para cumprir o distanciamento social e as regras do estado de calamidade, segundo o porta-voz do MPLA. Os membros do Bureau Político que se encontram fora de Luanda, província que está sob cerca sanitária, participaram por videoconferência.

O MPLA e o “novo normal”

Segundo Albino Carlos, o partido vai continuar a realizar as suas actividades dentro “do novo normal”, seguindo as recomendações sanitárias.

“Não vamos alterar em função deste caso, estamos a viver um novo normal com a pandemia de Covid-19, mas vamos continuar a fazer as nossas actividades políticas. Queremos enfrentar e vencer os desafios eleitorais”, destacou Albino Carlos, realçando que estão a ser privilegiadas também as novas tecnologias e a comunicação à distância.

Angola registou até ao momento 353 casos da doença, dos quais 19 resultaram em óbito, e soma quase 70 casos sem vínculo epidemiológico estabelecido, aproximando-se da transmissão comunitária.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 535 mil mortos e infectou mais de 11,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.