“João Lourenço é um exemplo de que as democracias podem funcionar em África”

A escolha dos entrevistados será muito eclética e com entrevistas livres, leves , soltas e dinâmicas. Na primeira edição, a escolha vai para Nicolau Santos, presidente do conselho de administração da agência Lusa, precisamente no mês em que assinala 38 anos de exercício da actividade jornalística. E outras seguirão. Prontidão Informativa é também o regresso … Continue a ler “João Lourenço é um exemplo de que as democracias podem funcionar em África”