Rainha da Inglaterra está a contratar um guru das redes sociais

Gearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion

A casa real britânica publicou no Likedin um anúncio onde pede um especialista em redes sociais e que irá chefiar uma equipa. A sua função será administrar as contas de Isabel II do Twitter, Facebook e Instagram, para ajudar a manter a sua presença “aos olhos do público e no cenário mundial”.

Trabalhará directamente com o secretário particular da rainha e integrado na equipa de comunicações reais, supervisionando os conteúdos das redes sociais.

A rainha, com 93 anos, sempre foi atenta às novas tecnologias e sua utilizadora desde o primeiro dia, mas com as redes sociais atingiu números impressionantes: sete milhões de seguidores no Instagram, cinco milhões no Facebook e quatro milhões no Twitter.

A adesão do público fazem com que seja uma das grandes influenciadoras da realeza britânica. Lista que é liderada pelo casal William e Kate Middleton, com 10,4 milhões de seguidores no Instagram e 1,9 milhão no Twitter. O príncipe Harry e Meghan Markle têm 9,9 milhões no Instagram.

O anúncio de oferta de emprego diz que o trabalho do especialista envolve tudo o que diga respeito à rainha : visitas de Estado, cerimónias para entrega de prémios e outros compromissos reais. Oferece um salário anual entre 45 mil e 50 mil libras (entre 54 mil e 60 mil euros), dependendo da experiência. O guru das redes sociais deve estar no Palácio de Buckingham de segunda a sexta-feira.

Não é um salário milionário, para Inglaterra (menos de 60 mil euros antes de impostos), mas no anúncio argumenta-se que é um privilégio trabalhar com a família real. A reacção ao que se faz “é sempre destacada e, portanto, a reputação e o impacto estarão na vanguarda”, do trabalho. Partilhar isso “com todo o mundo será a maior recompensa”.

Pede-se experiência na gestão e edição “de sites de responsabilidade elevada, redes sociais e outros formatos digitais”. Oferece-se “um novo ambiente e um passo importante na carreira profissional”.

Este novo funcionário da família real vai ter “33 dias de férias anuais, incluindo feriados; almoço grátis e acesso a formação e desenvolvimento na área digital”.

Fonte: Diário de Notícias.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.