RNA acusa TV Zimbo de “falta de profissionalismo, rigor e má-fé”

O sinal do emissor regional de Benguela da Rádio Nacional de Angola (RNA) esteve ontem fora do ar, das 11 às 14 horas, em virtude de um curto-circuito que se registou num dos cabos do gerador que alimenta a emissão.

Uma fonte da RNA desmentia, assim, a versão da TV Zimbo, no seu noticiário das 13 horas, segundo a qual, o sinal da rádio pública estava fora do ar em consequência da falta de combustíveis na província.

Em reacção, o Conselho de Administração da RNA emitiu um comunicado, no qual considera que a peça emitida pela TV Zimbo “foi absoluta falta de profissionalismo no rigor que o jornalismo exige”.

O comunicado considera, ainda, a atitude da TV Zimbo de “manifesta má-fé contra a RNA e associada a interesses difíceis de classificar, tendo em conta a quase imediata reacção nas redes sociais, com alusões políticas irresponsáveis”.

A RNA esclarece que, até às 11 horas da manhã de ontem, todas as emissoras da rádio pública em Benguela estiveram a emitir normalmente, com recurso ao habitual fornecimento de energia.

Segundo ainda o comunicado, na sequência de um corte registado no fornecimento de energia da rede pública, optou-se por colocar o gerador a funcionar. Porém, prossegue o comunicado, um curto-circuito no cabo que alimenta a estação forçou a interrupção temporária da emissão, situação que viria a ser ultrapassada a partir das 14 horas.

Fonte: Jornal de Angola.

Deixe o seu comentário