Seis pescadores angolanos desaparecidos desde outubro resgatados no Gabão

kalola Store

Os seis pescadores angolanos que se encontravam desaparecidos em alto mar desde 30 de outubro passado foram localizados no Gabão, divulgou hoje a imprensa local, citando fonte consular de Angola em Ponta Negra, República do Congo.

Os pescadores desapareceram a bordo de uma chata de pesca artesanal, na província de Cabinda, norte de Angola, e desde aquela altura que as autoridades angolanas tinham em curso operações de busca.

Segundo Elísio Ndonga, os pescadores foram localizados na quinta-feira, na localidade marítima de Ogooue, cidade de Port Gentil, Gabão, que dista uma hora de voo de Libreville, capital gabonesa, algumas centenas de quilómetros a norte de Cabinda.

“Estamos a trabalhar com as autoridades gabonesas de Port Gentil e a missão diplomática em Libreville, para que os seis pescadores cheguem a Cabinda ainda esta semana”, disse.

Elísio Ndonga referiu que a embarcação em que seguiam ficou destruída em alto mar, em Cabinda. Foram levados pelas correntes até Ogooue, salvos em bidons de 25 litros, que levavam para reserva de água e combustível.

“Foi muita fé, sorte e milagres, e também determinação, que tiveram para sobreviver durante esse período”, considerou Elísio Ndonga, citado pela agência noticiosa angolana, Angop.

Acrescentou que os pescadores estavam desnutridos, mas foram de imediato assistidos após o resgate, por uma equipa enviada ao local pela missão diplomática angolana em Libreville, que disponibilizou alimentação e vestuário.

Fonte: Lusa

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.