TAAG retoma segunda-feira os voos para Cabinda

kalola Store

A TAAG – Linhas Aéreas de Angola realiza, segunda-feira 14, pelas 15 horas, o primeiro voo com o novo avião comercial Dash 8-400, para Cabinda, após uma suspensão das rotas domésticas, em Março, devido à pandemia da covid-19.

De acordo com o director de Comunicação Institucional do Ministério dos Transportes, Manuel Júnior, o voo de segunda-feira, para Cabinda, enquadra-se na estratégia do sector para a abertura gradual dos voos domésticos, que, numa primeira fase, terão cinco destinos, nomeadamente, Cabinda, Soyo (Zaire), Catumbela (Benguela), Huambo e Lubango (Huíla).

Manuel Júnior acrescentou que não se trata, na verdade, do início dos voos comerciais, como tal, mas que uma categoria de cidadãos vai poder sair e entrar em Luanda, que continua sob cerca sanitária.

Manuel Júnior esclareceu que, embora se pague o bilhete para estes cinco destinos, os potenciais passageiros estão sujeitos ao cumprimento das regras impostas pelo Decreto Presidencial de 8 de Setembro, que exige, entre outras medidas de segurança sanitária, a obrigatoriedade do teste serológico com resultado negativo.

Embora não seja necessária a apresentação de qualquer documento de autorização, o teste serológico, com resultado negativo, deve ser feito duas horas antes do embarque. No que diz respeito aos voos internacionais, as companhias aéreas retomam, gradualmente, os voos a partir de dia 21 deste mês, dispensando-se, igualmente, autorização formal das autoridades, desde que o passageiro faça um teste de despistagem da Covid-19 pré-embarque.

Além de anunciar para breve mais detalhes de todo o processo de retoma gradual dos voos regulares internacionais, Manuel Júnior assegurou que será dada prioridade de regresso ao País dos angolanos retidos no estrangeiro com bilhetes comprados. Angola fechou as suas fronteiras aéreas a20 de Março, como medida de prevenção da covid-19.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.