Cimenteira angolana fechada por falta de combustível prevê retoma até dezembro

A Fábrica de Cimento do Kuanza Sul (FCKS), que alegou falta de fornecimento de combustíveis pela petrolífera estatal Sonangol para paralisar a produção, prevê a retoma da laboração até dezembro, após intervenção do Governo angolano. A informação consta de um comunicado da FCKS, em resposta à posição oficial transmitida na sexta-feira pela Sonangol, que desmentiu […]