Três mortos no balanço provisório das chuvas em Luanda

O comandante provincial do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros de Luanda, Tito Manuel, disse, em declarações aos jornalistas no final de uma reunião da Comissão Provincial de Protecção Civil que avaliou os efeitos das chuvas , que estes dados ainda são provisórios.

Segundo o responsável , os dados apontam para a morte, “por negligência” , de três pessoas , duas arrastadas pela corrente da água e uma por eletrocussão.

“Foram mortes por negligência, isto porque na altura das chuvas as pessoas têm a ansiedade de ir tomar o banho e isso criou arrastão de duas pessoas e outro foi por eletrocussão”, adiantou.

“Continuamos ainda a fazer o levantamento para termos o número real das ocorrências”, referiu.

O município de Viana, um dos mais populosos de Luanda, foi o mais afectado, segundo as autoridades.

O governador de Luanda, Sérgio Luther Rescova, deve visitar hoje as zonas mais afectadas pelas chuvas.

Fonte: Lusa.

Deixe o seu comentário