Unicef estima que vão nascer 213 bebés em Portugal no primeiro dia do ano

kalola Store

Neste dia 1 de janeiro vão nascer em Portugal cerca de 200 crianças. A estimativa foi divulgada esta segunda-feira pelo Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância). Em todo o mundo, estima-se que nasçam cerca de 386 mil crianças.

Prevê-se que o primeiro bebé nasça na pequena ilha de Kiribati, no Pacífico, onde poderão nascer mais oito crianças no dia 1 de janeiro. O último bebé nascerá nos Estados Unidos, depois dos outros 11.282.

Em Portugal, as estimativas apontam para 213 crianças nascidas no dia 1 de janeiro.

A esperança média de vida também é muito variável. Se para as crianças nascidas no Kiribati é 67 anos, nos Estados Unidos é de 80 anos. A esperança de vida para as crianças nascidas em Portugal é um pouco maior : 82 anos. Mas para as crianças nascidas na Serra Leoa é de apenas 52 anos, a esperança de vida mais baixa dos dados divulgados.

Para o Unicef, a principal preocupação é a mortalidade infantil. Apesar de nas últimas duas décadas o número de crianças que morre antes dos cinco anos ter reduzido para metade, cerca de 5,6 milhões em 2016. O Unicef afirma que 46% destas crianças morre logo no primeiro mês.

“A resolução de Ano Novo do Unicef é ajudar todas as crianças a viverem mais do que uma hora, mais do que um dia, mais do que um mês, mais do que mera sobrevivência,” afirmou Beatriz Imperatori, directora executiva do Unicef.

Para cumprir esta resolução de Ano Novo, o Unicef vai lançar em fevereiro uma campanha (Every Child Alive) que pretende minimizar as principais causas da mortalidade infantil antes do primeiro mês. Mais de 80% dos recém-nascidos morre na sequência de um nascimento prematuro, de complicações durante o parto ou de infecções.

As soluções propostas incluem fornecimento estável de água limpa e eletricidade nas unidades de saúde, presença de pessoal de saúde qualificado durante o nascimento, desinfecção do cordão umbilical, aleitamento materno na primeira hora após o nascimento e contacto pele com pele entre a mãe e filho, refere o comunicado da organização.

Em todo o mundo são esperados 386 mil nascimentos, sendo que metade destes bebés vai conhecer a luz do dia em apenas nove países : Índia (69.070), China (44.760), Nigéria (20.210), Paquistão (14.910), Indonésia (13.370), EUA (11.280), RDC (9.400), Etiópia (9.200) e Bangladesh (8.370). A título de exemplo, e a este ritmo, Portugal precisaria de 234 dias, cerca de 11 meses, para igualar o primeiro dia do ano na Índia.

Fonte: TSF .

No tags for this post.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.