Unidade da Guarda Presidencial será reduzida em 50 por cento 

Metade dos efectivos da Unidade da Guarda Presidencial ( UGP) vão ser distribuídos, a partir do mês de Outubro deste ano, pelos três ramos das forças armadas e ainda Polícia Nacional e Serviços de Inteligência. 

A redução da UGP para metade , segundo apurou uma fonte do semanário Novo Jornal, vai permitir a poupança de verbas consideráveis que ajudarão a inserir muitos ex- militares excluídos da Caixa Social da FAA. ” A UGP gasta muito dinheiro. Reduzindo a mesma [ unidade], o Governo vai economizar dinheiro que vai ajudar a resolver os problemas dos ex-militares “, revela a fonte do Novo Jornal. 

A mesma fonte apurou que o processo de triagem já terá iniciado e que termina no mês de Outubro. ” Os que estão acima de 60 anos vão para a reforma, os formados serão integrados nos outros serviços militares e, aos restantes o Governo dará um tratamento especial “, esclareceu.

Deixe o seu comentário