Vencedores do Angola Music Awards serão conhecidos em Novembro

kalola Store

No próximo dia 7 de Novembro, durante uma gala no Centro de Conferências de Belas, em Luanda, serão revelados os vencedores da VII edição do Prémio Angola Music Awards (AMA), nas diferentes categorias.

Cristiano Chiveca, responsável do AMA, disse recentemente ao Jornal de Angola que a primeira fase da votação do concurso vai decorrer de 20 de Julho a 1 de Setembro. A segunda fase terá início a 1 de Setembro, prolongando-se até 5 de Novembro.

O responsável do AMA assegurou que na gala, os vencedores apenas vão receber os seus prémios, porque a organização perspectiva a realização de uma actividade restrita.

Na mesma ocasião afirmou que na impossibilidade de se realizar a gala este ano, por causa da Covid-19, a cerimónia será adiada para o próximo ano.

As inscrições para a edição 2020 terminaram a 30 de Maio, e todos os artistas inscritos, que apresentaram trabalhos discográficos, em 2019, estão aptos para concorrer nas categorias de melhor afro-house, melhor álbum, melhor artista digital, melhor artista em Palco, melhor artista feminino, melhor artista Internet, melhor artista masculino, melhor artista/grupo revelação e melhor colaboração.

As outras categorias a concurso são melhor ghetto zouk, melhor gospel, melhor grupo, melhor kizomba, melhor kuduro, melhor música tradicional, melhor produção musical, melhor R&B/soul, melhor rap/hip-hop, melhor rock, melhor semba, melhor vídeo clip, melhor word music e música mais popular.

Os artistas indicados e nomeados nesta edição do AMA serão conhecidos dia 20 de Julho, através do YouTube e dos sites oficiais do AMA, (www.angolama.com).

Para além da distinção aos vencedores, a organização do AMA vai, também, homenagear algumas figuras ligadas à cultura e artes angolanas, cujos nomes não foram revelados.

A realização e produção deste evento de distinção da música angolana está a cargo da empresa Legenda Urbana – Top Music Angola.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.