Venda de automóveis caiu 93% com a crise

A comercialização de automóveis por concessionárias caiu 93% nos últimos cinco anos, devido à crise económica e financeira, informou hoje a associação do sector.

Segundo dados da Associação das Concessionárias de Equipamentos de Transportes Rodoviários e Outros (ACETRO), citados pela agência de notícias angolana, Angop, em 2014 foram vendidos 44.536 veículos. As vendas baixaram no ano seguinte para metade, ou seja, 20.471 unidades, e para apenas 9.052 no ano de 2016.

De acordo com Salvador Duzentos, diretor de vendas da Toyota, uma das nove concessionárias de automóveis, aquela marca vendeu no país, em 2016, 9.052 viaturas. No ano seguinte, essas vendas desceram para 4.298 unidades.

Citado igualmente pela Angop, Salvador Duzentos avançou que a Toyota de Angola vendeu, em 2017, apenas 238 unidades, e no ano seguinte 148, tendo alcançado em 2018 um volume de negócios de apenas 16,4 milhões de kwanzas (44.655 euros).

Relativamente ao ano em curso, a concessionária da marca japonesa comercializou, no primeiro trimestre, 15 veículos, quando foi perspetivada a venda durante 2019 de 850 unidades.

Além da Toyota de Angola, o país conta ainda com as concessionárias Cosal, Lusolanda, Angolauto, Teixeira Duarte Angola, Aut Zuid, Imporafrica, Roberto Hudson e Vauco.

Deixe o seu comentário