Viagem de luxo do Presidente João Lourenço em avião de 320 milhões de dólares em destaque na imprensa espanhola

“O Presidente angolano, João Lourenço, aterrou no aeroporto asturiano de Santiago do Monte nas primeiras horas da tarde de ontem num espectacular avião, um Boeing 787 da Dreamliner.

“Este avião é uma referência na aviação de luxo internacional ao tratar-se, na prática de um hotel aéreo. Horas antes, por volta das dez da manhã, tinha chegado parte da delegação angolana num outro aparelho de dimensões mais reduzidas, proveniente também do aeroporto francês de Toulouse”, cita o jornal espanhol La Nueva España.

O Boeing 787 em que chegou o Presidente angolano João Lourenço, pertence ao grupo chinês HNA, tem placa de registo 2-Deer e foi alugado pelo Governo angolano para a viagem institucional de João Lourenço, que o levará na próxima segunda-feira, 4 de Junho até ao Reino da Bélgica.

João Lourenço tem agendado um almoço de negócios com personalidades do universo empresarial belga, grande parte deles ligados ao sector dos diamantes, área onde os dois países têm uma forte cooperação.

“Trata-se da primeira vez que um aparelho de luxo destas dimensões aterra no aeroporto das Astúrias”, cita o La Nueva España.

A aeronave foi reformada e acondicionada de tal forma que, a sua capacidade convencional que era de um máximo de 335 passageiros na aviação comercial, foi reduzida para um limite máximo de 40 pessoas, incluindo a tripulação. Foram removidas centenas de lugares para o transformar num “5 estrelas” aéreo.

Tem amplos espaços e equipamentos de luxo: tectos abobadados altos, pisos de madeira, portas de madeira esculpida e tapetes feitos à mão com assentos de seda. Os tablets controlam o sistema de iluminação, os monitores de vídeo e áudio, as cortinas das janelas e os pedidos as assistentes de voo. Há ainda uma sala de entretenimento num estúdio com capacidade para 16 pessoas, cantinas, um closet, um quarto principal com casa de banho e televisão de 42 polegadas.

Este Boeing 787 de luxo, não é propriamente barato. Ao seu preço de base de fabrico é de cerca de 220 milhões de euros, há que acrescentar mais de 100 milhões que custaram o design e reformas de luxo no interior do avião que a empresa chinesa aluga aos vip’s para as suas viagens internacionais. Tem uma autonomia de voo de 17 horas, o seu alcance máximo é de 9.590 milhas náuticas.

“Alugar este avião ronda os 64.000 euros por hora”, diz o jornal espanhol.

Fonte: La Nueva España

Deixe o seu comentário