Governo angolano vai analisar as 14 melhores propostas para construção de duas refinarias

kalola Store

A Sonangol, petrolífera estatal angolana, submeteu já ao Governo para apreciação e decisão as 14 melhores propostas para a construção das Refinarias do Lobito e Cabinda, para iniciar a fase de negociações entre abril e agosto.

A informação foi hoje divulgada pela Sonangol, em comunicado a que a agência Lusa teve acesso, que informa que continua a decorrer o processo de seleção das propostas para se encontrarem os parceiros para a construção das referidas refinarias, nas províncias de Benguela e de Cabinda.

O processo teve início no quarto trimestre de 2017, tendo 30 propostas sido rececionadas até fevereiro deste ano, 16 para a refinaria do Lobito, sete para a refinaria de Cabinda e outras sete sem especificação do projeto pretendido.

Depois da análise a todas as propostas, foram selecionadas as sete melhores para cada uma das refinarias a construir, cabendo agora ao Estado o processo de “clarificação, ‘due diligence’, discussões e negociações, no período compreendido entre abril e agosto de 2018”.

“Nos próximos dias, a Sonangol informará individualmente cada uma das empresas concorrentes, dos resultados atrás referidos e dos passos subsequentes do processo”, refere a nota.

Fonte: Lusa

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.