Trump: Arábia Saudita fez “o pior encobrimento de sempre”

O Presidente dos Estados Unidos da América atribuiu culpas à Arábia Saudita, pela morte do jornalista Jamal Khashoggi, afirmando esta terça-feira que foi “o pior encobrimento de sempre”.

Donald Trump avisou que todos os envolvidos serão punidos por terem violado os direitos humanos.

“Eles tinham um conceito original muito mau. Toda a situação foi duvidosa e o encobrimento foi ainda pior nesta história”, afirmou Trump em declarações à comunicação social na Casa Branca, segundo o New York Times.

Na verdade a pressão que tem recaído sobre a administração norte-americana, relativamente ao assassinato, tem vindo a aumentar, uma vez que o Presidente turco, Recep Erdogan, descreveu o assassinato do jornalista saudita como “premeditado” e “bárbaro”, não poupando críticas à Casa Branca.

Trump, por sua vez, argumentou que “quem quer que tenha tido esta ideia, está em apuros”, criticando a alegada operação que terá ocorrido em Istambul, que conduziu ao desaparecimento do jornalista saudita.

Mike Pompeo afirmou que os Estados Unidos vão revogar vistos com origem na Arábia Saudita e que estão considerar impor sanções económicas aos responsáveis sauditas que identificaram como envolvidos na operação. Mas, ainda assim, deixou em aberto a possibilidade de que as sanções possam ser aplicadas apenas aos agentes da Arábia Saudita de nível inferior que realizaram o assassinato e não aos funcionários da corte saudita que o ordenaram .

“As penas não serão a última palavra que os Estados Unidos da América têm a dizer sobre este assunto”, disse Pompeo em declarações à comunicação social, durante uma reunião na terça-feira, no Departamento de Estado.

Conclui que “queremos deixar claro que os EUA não toleram este tipo de acções . É inadmissível que Khashoggi tenha sido silenciado”, concluiu.

Fonte: Observador

Deixe o seu comentário