Moçambique: Antigo ministro das Finanças detido na África do Sul

kalola Store

De acordo com site Carta de Moçambique, a detenção de Manuel Chang resulta do cumprimento de um mandado de captura internacional relacionado com branqueamento de capitais.

Segundo uma fonte do Carta de Moçambique, a detenção não nada a ver com o processo de dívida oculta. Existem evidências de Manuel Chang possuir, a par de outro antigo ministro do ex-Presidente Armando Guebuza, avultada fortuna em contas bancárias na Suíça, perfazendo, no conjunto, mais do que o valor da dívida oculta.

Manuel Chang era ministro das Finanças quando Moçambique contraiu, na governação do Presidente Armando Guebuza, uma dívida, com garantias soberanas, a taxas altamente especulativas na ordem dos 2 mil milhões de dólares.

Chang é deputado da Assembleia da República de Moçambique e viajava com passaporte diplomático. Foi detido no aeroporto de Joanesburgo quando pretendia fazer uma ligação para o Dubai.

Os Estados Unidos da América emitiram um mandado de captura contra Manuel Chang e pediram a sua extradição por crimes de fraude electrónica, fraude de segurança e branqueamento de capitais.

Fonte: Carta de Moçambique.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.